ANTOLOGIA

A BATALHA DOS DEUSES

Primeira antologia da Novo Século será lançada dia 17 de dezembro

na Martins Fontes da Avenida Paulista

 

Fui convidado pelo escritor Juliano Sasseron (Crianças da Noite) a participar de uma antologia bem original, que eu saiba: a cada autor participante foi confiado um determinado panteão de deuses, já desaparecidos (dos quais só resta, praticamente, a mitologia) e seu conflito para manter a existência (ou a fé de seus crentes) diante do advento de um Deus Único, por exemplo, em suas várias formas. Acabei sugerindo o nome definitivo do livro, que de Panteão dos Deuses tornou-se A Batalha dos Deuses. Cada autor utilizou um panteão, seja nórdico, tupi, celta, romano, persa, maia, egípcio ou sumério, com seu gênero e estilo próprios (fantasia, horror, ficção científica ou histórica) para contar sua história, que também é a de um povo, de uma fé, ou um conflito entre povos e crenças.

“A humanidade criou os deuses à sua imagem e semelhança. Ou seria o contrário? Ao longo de milhares de anos, diversos panteões disputaram corações e mentes dos mortais, numa batalha que ainda não terminou, culminando no advento da ciência, para muitos, o novo deus único.

Mas qual seria o destino de tantos deuses e deusas quando seus crentes e adeptos perdem a fé neles? Desaparecem num limbo de deuses perdidos, perdem a imortalidade ou simplesmente somem, como se nunca tivessem existido?

Cristo, Maomé e Krishna confabulam entre si, observando homens que tentam se igualar aos deuses. Thor brande seu martelo nas tempestades, orientando os últimos vikings e valquírias em mundos perdidos na névoa. Os destinos do mundo são escritos pelos deuses maias nas páginas de um livro sagrado. A chegada do Deus Único expulsa os deuses antigos, celtas, romanos, egípcios e tupis, num confl­ito que prossegue até hoje e além.”

Abrindo a antologia, meu conto (ou devo dizer, noveleta) “Ragnarök”, revela aos últimos vikings e valquírias em jornada pelo Novo Mundo o destino dos deuses nórdicos. Mas não apenas estes: o conflito envolve também cristãos e celtas.

Simone O. Marques (Crônicas do Reino do Portal) mostra em “O Carvalho e o Visco” o embate entre o Deus Único que chega e os deuses celtas que partem para o Outro Mundo, numa Bretanha pós-romana e no alvorecer da Idade Média cristã.

Felipe Santos (O preço da Imortalidade) retoma suas raízes amazônicas em “Nhanderuvuçu”, onde Tupã e os deuses da floresta lutam na Arvore da Vida enquanto os “civilizados” se aproximam. Qual o destino do panteão tupi diante do catolicismo dominante?

O estreante Fernando Henrique de Oliveira conta em “Pontifex Maximus” o embate dos deuses e da fé que determinaram o destino do Império Romano. Ficção histórica que aborda um ponto crítico da história ocidental, quando o Imperador Constantino legalizou o cristianismo e dividiu Ocidente e Oriente.

O jornalista e pesquisador Sérgio Pereira Couto (Help – A Lenda de Um Beatlemaníaco) do alto de seus mais de 40 livros, divulga em “Popol Vuh” a herança do panteão maia. Quem seriam estes deuses pouco conhecidos, principalmente agora que se fala tanto sobre o calendário maia?

Albarus Andreos (A Fome de Íbus) conta como ainda vivem, amam e odeiam os deuses do Antigo Egipto em “A Menina que Olhava”. Um conto quase intimista, nos dias atuais.

Estevan Lutz, autor do romance cyberpunk O vôo de Ícaro, mostra outra realidade alternativa em “A Última Ceia de Mitra”, onde o cristianismo não se tornou a religião dominante.

Márson Alquati, escritor da trilogia Ethernity, narra em “O Legado Anunnaki” a origem dos deuses astronautas desde os antigos sumérios.

Fechando a antologia que organizou, Juliano Sasseron (Crianças da Noite) demonstra em “Consciência Quântica” que as unificações das religiões e das teorias físicas andam em paralelo.

Uma resposta para ANTOLOGIA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: