É ASSIM QUE O MUNDO ACABA

Imagem

Fazendo as malas para o Fantasticon 2012 em São Paulo, recebo a boa notícia de que mais um conto meu foi selecionado para uma nova coletânea, “É assim que o mundo acaba”. Curioso é que se trata de minha primeira participação numa editora não pertencente ao “fandon” da literatura fantástica, a Oitoemeio, do Rio de Janeiro.

Mais curioso ainda é que o conto “13.0.0.0.0.” havia sido recusado para outra coletânea, 2013 – Ano Um, da Ornitorrinco, outra pequena editora do fandon.  Como ele tinha prazo de validade, mandei em seguida para outra seletiva que surgiu, a de 2012 – O ano do fim, da Technoprinty e novamente foi recusado. Faz parte.

Mas nunca levei a sério esta conversa de fim do mundo dos maias, por isso o conto era completa e propositalmente de humor. Se fim do mundo pode ser humorístico. Bom, se as piadas do Rafael Bastos e do Danilo Gentili podem…

Enfim, enviei à Oitoemeia, afinal, não teria mais o que fazer dele depois do fim do ano. Sem contar que a editora pedia histórias mais para Melancolia, do Von Trier, do que para o 2012 do Emmerich.  

Segue abaixo o resultado da seleção de autores, conforme informado pela Oitoemeia.

 

“Após três meses e 98 contos recebidos, a Editora Oito e meio anuncia o resultado da seleção dos autores “É assim que o mundo acaba”. No lugar de 10, serão 11 autores que farão parte com os convidados. Abaixo, seguem os contos e seus autores.

 
1) 13.0.0.0.0. ou Gracias pela cerveja – Sidemar Castro
2) A fábula dos vermes – Igor Sternieri
3) Meu amigo, o buraco negro – Gustavo Melo

4) Em cima do telhado com um rifle – Bruno Goularte
5) O Fim do Mundo de Todos os Dias – Verônica da Silva Ferreira
6) Depois do que aconteceu – Alessandro Garcia
7) Castelos de salitre são mais bastardos que o Mesmo do elevador – Alliah
8) The end never sleeps – Márcio Menezes
9) Do lado de fora do umbigo do mundo, Leonardo Marona
10) Venus sobre a Terra, urubus sobre os homens, Igor Dias
11) Deja-vu, Luís Souza

A editora deseja parabenizar todos os autores que submeteram seus trabalhos. Não foi uma escolha fácil.
E, em dezembro, será o lançamento da coletânea “É assim que o mundo acaba”.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: