ADAPTAÇÃO

Netflix lança série desenhada por brasileiro

The Umbrella Academy, desenhada por Gabriel Bá, mostra uma família disfuncional tentando evitar o fim do mundo

umbrella.jpg

Nem só de Marvel e DC vivem os super-heróis adaptados para cinema e TV. A grande novidade do gênero em exibição na Netflix, The Umbrella Academy, nasceu da terceira editora americana de quadrinhos, a Dark Horse, que entre outros, lançou as revistas de personagens agora famosos graças a adaptações para filmes como Hellboy e Homens de Preto. Os quadrinhos de The Umbrella Academy foram escritos por Gerard Way, vocalista da banda My Chemical Romance e a arte foi toda concebida e ilustrada pelo brazuca Gabriel Bá, ganhador do Yellow Kid, o maior prêmio dos quadrinhos nos EUA. Não é a primeira vez que Gabriel Bá teve outra obra sua adaptada para televisão. Dois Irmãos, graphic novel que ele ilustrou em parceria com o irmão, Fabio Moon, baseada no romance de Milton Hatoum, virou minissérie na Rede Globo.

umbrellaacademyspanish2.jpg
A premissa de The Umbrella Academy gira em torno de um fenômeno mundial, em que dezenas de bebês nascem ao mesmo tempo, em diversos pontos do mundo, de mulheres que não estavam grávidas. Sete dessas crianças são então adotadas pelo excêntrico bilionário Sir Reginald Hargreeves (Colm Feore), que monta a Academia Umbrella (guarda-chuva), criando-as com uma mãe robot e um cavalheiresco e inteligente chipanzé modificado geneticamente. Sir Reginald treina-as de forma severa para se tornarem super-heróis, vestindo suas roupas de estudantes e máscaras. Cada um deles tem um codinome e poder. O Número 1, Luther (Tom Hooper), tem força incrível; Número 2, Diego (David Castañeda), habilidade extraordinária com facas; a Número 3, Allison (Emmy Raver-Lampman), tem o dom de influenciar as pessoas, tornando-se uma celebridade; Klaus, o Número Quatro (Robert Sheehan), é um afetado viciado em drogas que vê e conversa com os mortos; destaque para o Número Cinco (Aidan Gallagher), que desapareceu aos 13 anos, graças à sua habilidade de se teleportar através do tempo e do espaço; Número 6, Ben (Justin H. Min), que pode se tornar um monstro, é o único que morreu e, portanto, só pode ser visto por Klaus; e finalmente Vanya (Ellen Page, que já usou o uniforme justo da Lince Negra em X-Men: Confronto Final e Dias de um Futuro Esquecido), a única aparentemente sem superpoder, mas que terá papel fundamental na trama. Inconformada, ela se afasta da Academia e escreve um livro revelando suas contradições.
A história começa com eles adultos voltando à mansão da família quando Sir Heargreaves faleceu. Enquanto discutem o que aconteceu com eles, com vários flashbacks de seu passado heroico, o Número 5 volta do futuro, onde viveu até os 58 anos, mas retorna no corpo de um garoto. Ele vem com uma mensagem assustadora: o fim do mundo acontece em poucos dias. Novamente reunida, a disfuncional família tenta resolver seus traumas pessoais e desavenças enquanto tentam evitar o Apocalipse e são caçados pelos assassinos de uma espécie de organização que controla o tempo e a história a ferro e fogo.

suite
A primeira temporada é baseada no ciclo The Umbrella Academy: Suíte Apocalipse (Devir), e a série filmada mantém o visual estilizado dos desenhos de Gabriel Bá, assim como o bizarro humor negro do roteiro de Gerard Way, com suas reviravoltas inesperadas. A segunda temporada já está garantida.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: